Pela complexidade e pluridisciplinaridade de que se reveste a patologia da coluna vertebral, o doente será sempre avaliado na sua vertente psicossomática e conforme a necessidade de cada caso.
  • Discografia provocativa;
  • Infiltração intradiscal;
  • Terapêutica intradiscal por radiofrequência.
  • Infiltração Facetária;
  • Desinervação facetária por radiofrequência.
  • Bloqueio e infiltração das raízes nervosas;
  • Aplicação de radiofrequência pulsátil;
  • Implantação de neuro-estimuladores.
  • Bloqueios epidurais com medicamentos;
  • Implantes de bombas de medicação.